23 de abril de 2015

Cadeia da Suinocultura se torna atrativa para produtores


Ascom Senar-PB

Como alternativa ao problema contínuo da seca, muitos produtores têm aliado à agricultura com cadeias como apicultura, caprinocultura, bovinocultura de corte e de leite e suinocultura. Esta ultima, por sua vez, tem atraído cada vez mais os produtores rurais da Paraíba, que aos poucos já começam a investir na área.
Residente na zona rural do município de Picuí, Avani Dias da Costa, é agricultor de pequeno porte e investe na bovinocultura leiteira. Mas, há três anos, por causa do período de estiagem e da baixa produção agrícola, o produtor decidiu iniciar a criação de suínos.
Atualmente com 15 porcos, sendo 13 fêmeas matrizes e dois machos reprodutores e pretende investir nos animais para vender leitões de qualidade. Avani contou que em 2014 participou do treinamento de Introdução à Suinocultura oferecido pelo Senar Paraíba, ministrado pelo instrutor Josenildo Querino Dias. “A capacitação foi um divisor de águas na minha vida. Aprendi bastante sobre criação e manejo correto. Penso em investir cada vez mais nessa cadeia produtiva”, falou.
Há muitos anos a suinocultura vem mostrando seu potencial na pecuária, podendo ser percebida na genética, com a produção de animais reprodutores de alta qualidade e na nutrição, com os avanços nas formulações das rações. Tem sido uma das atividades mais importantes no complexo socioeconômico do país, por ser desenvolvida em pequenas propriedades, gerando empregos e produzindo proteína de alta qualidade.
Benefícios da carne suína
Alguns cortes suínos possuem menos colesterol e menos gordura do que cortes de aves ou bovinos. A carne de porco é rica em proteínas essenciais na reconstituição das fibras musculares e na formação de novas células, além de possuir vitaminas do complexo B, principalmente a vitamina B1, chegando a ser até 10 vezes superior ao encontrado na carne de boi. Também se destaca quantidade oferecida de cálcio, fósforo e principalmente potássio, que tem importante função na normalidade da pressão sanguínea.
Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6073/6050
facebook.com/faepasenarpb
imprensa@senarpb.com.br