8 de abril de 2019

Comitê de Educação a Distância do Senar debate novos métodos de ensino


Ascom Senar

Brasília (08/04/2019) – O Comitê Gestor de Educação a Distância do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) se reuniu na sexta (5), em Brasília, para discutir novas metodologias de ensino que podem ser aplicadas na modalidade EaD.

Na abertura do encontro, a diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Andréa Barbosa, afirmou que o comitê busca aprofundar a discussão de novas tecnologias na educação e propor estratégias para incorporá-las nos cursos ofertados pelo Senar.

“Nós ainda estamos presos ao curso presencial como qualificação profissional. Precisamos expandir essa visão e disseminar o ensino a distância como um modelo pedagógico eficaz”.

A coordenadora do Núcleo de Educação a Distância do Senar, Ana Ângela de Souza, destacou que os cursos de EaD são grandes aliados da tecnologia. “Hoje em dia qualquer pessoa tem um celular na mão e precisamos usar isso ao nosso favor”.

Durante a reunião, os integrantes do Comitê assistiram à palestra do diretor do Grupo A, Gustavo Hoffmann, sobre o ensino híbrido. Na apresentação, Gustavo defendeu um novo formato de ensino, em que o aluno tem acesso ao conteúdo do curso em casa e executa os exercícios de aprendizagem em sala de aula.

“É um desafio cultural permitir que o aluno do curso presencial tenha a possibilidade de estudar o conteúdo previamente e tirar as dúvidas em sala. O acesso ao conteúdo deveria ser em qualquer hora e qualquer lugar”.

Hoffmann disse ainda que é preciso acabar com a prevalência da aula expositiva no Brasil. “Isso não funciona muito bem, pois não respeita o ritmo de aprendizagem individual. Hoje temos alunos do século 21, estudando em um espaço de aprendizagem do século 20 com métodos de ensino do século 19”.

A programação do dia também contou com um workshop sobre gamificação, que é o uso de técnicas, elementos e design de jogos em situações do mundo real. “Gamificação é uma tendência e traz resultados de metas e objetivos”, disse o sócio diretor da Fantástica Fábrica Criativa, André Grigoletti Brotto.

Segundo ele, por meio dessa estratégia é possível transformar rotinas de estudo e estimular as pessoas a se dedicarem a desafios do dia-a-dia. “Hoje lidamos com pessoas com pouco engajamento e paciência, então é possível proporcionar motivação, por meio da autonomia, maestria, propósito e diversão”.

Ao final da apresentação, a diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Andréa Barbosa, afirmou que a gamificação pode servir como metodologia de aprendizagem e estudo.

O Comitê Gestor da EaD SENAR é formado pelas Diretorias de Educação Profissional e Promoção Social (DEPPS) e Inovação e Conhecimento (DIC), Faculdade CNA e Administrações Regionais do SENAR na Bahia e Santa Catarina.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
Fotos: Tony Oliveira
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil