22 de maio de 2020

Faculdade CNA debate os desafios do profissional do agro


Ascom Senar

Brasília (20/05/2020) – A Faculdade CNA promoveu uma transmissão ao vivo para debater o tema “Os Desafios do Profissional do Agro” na quarta (20).

O encontro contou com a participação do diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Daniel Carrara, do jornalista Alexandre Garcia, de estudantes da instituição e de interessados de todo o país no tema. O diretor-geral da Faculdade CNA, André Sanches, foi o mediador.

Para Daniel Carrara, o mercado atual exige um novo perfil de profissionais e de técnicos para atender aos produtores rurais. O desafio é contribuir com uma parte do setor que ainda não está inserida nesse universo e fazer com que a atividade siga buscando eficiência, redução de custos e produtividade.

“É preciso agressividade tecnológica e de gestão. A nossa agropecuária representa o que há de mais moderno no mundo. Já contamos com ótimos profissionais e agora precisamos introduzir novos conceitos, como tecnologia e conectividade. Para isso, todos precisarão se adequar”, afirmou.

O diretor-geral do Senar reforçou que o trabalho precisa ser orientado com dois focos: incluir um número cada vez maior de produtores rurais na agricultura comercial e continuar apoiando aqueles que já alcançaram um nível de produção elevado e contribuem para as consecutivas safras recordes brasileiras.

“O papel dos profissionais e técnicos será fundamental. Eles precisarão mudar a sua forma de pensar e atuar, além de serem criativos para superar as deficiências que ainda temos. Palavras como blockchain, gestão de variabilidade, e-commerce, moedas virtuais e redes sociais serão cada vez mais comuns. Não estamos mais na agricultura 4.0, já estamos na 5.0”, disse.

Daniel Carrara também ressaltou que a “descarbonização da economia” é um tema que precisará estar na agenda de produtores, técnicos e profissionais em formação daqui para frente. A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar é outra ferramenta de transferência de tecnologia fundamental para os produtores rurais e que precisará ser ampliada.

Contribuição – O jornalista Alexandre Garcia destacou a contribuição do agro brasileiro para a economia e a segurança alimentar, especialmente após a pandemia do coronavírus. Para ele, foi o setor que garantiu o abastecimento e será o propulsor para a recuperação do País.

“O setor agrícola é, agora, ainda mais importante do que já era antes da pandemia. Foi ele que permitiu que não faltassem alimentos. A indústria, os serviços e o comércio estão sentindo e o agro também vai sentir a crise, mas nesse momento cresce a sua importância e é preciso ter esse reconhecimento”.

Na opinião de Alexandre Garcia, o setor ainda enfrenta preconceitos principalmente pela falta de conhecimento em relação ao trabalho do produtor rural.

“Isso vem de narrativas do passado. Agora é diferente. Graças ao agro nós temos uma agricultura e uma pecuária de excelência. Precisamos informar, mostrar isso para as pessoas e detectar onde estão os preconceitos, mas sem brigar. É preciso acabar com isso de forma racional”, declarou.

O jornalista acredita que a agropecuária, por trabalhar com alimentos, terá uma grande projeção no mundo pós-pandemia. Para ele, uma terceira “onda verde” poderá acontecer e o Brasil deve apostar no seu maior potencial que é o setor.

“Podemos duplicar a área produzida com tecnologia. Hoje já alimentamos um bilhão e meio de pessoas do planeta, imagina o que nós poderemos produzir. Temos um grande futuro e a esperança desse futuro são as novas gerações que estão entrando no agro agora”, afirmou Garcia.

“Acredito que todos os nossos estudantes puderam ver o tamanho da responsabilidade e o quanto tem de espaço para crescer. O mercado precisa de pessoas qualificadas e não faltarão oportunidades para profissionais bem formados”, declarou o diretor-geral da Faculdade CNA, André Sanches.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil