17 de dezembro de 2014

Jovens paraibanos participam do CNA Jovem


Ascom Senar-PB

Sete jovens paraibanos foram selecionados para participar do Programa CNA Jovem – Jovens liderando o agro. O objetivo do programa é criar fortes lideranças jovens para que possam atuar como multiplicadores das ações das comissões jovens.

Desenvolvido pela CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e pelo Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O programa está preparando 134 jovens de 24 estados do país, com idade entre 22 e 35 anos, para exercerem liderança no meio rural e impulsionar o setor empresarial rural.

Um dos selecionados, o engenheiro ambiental, Victor Teotonio, de 24 anos, diz que o programa vem surpreendendo desde o primeiro encontro presencial. “Estou muito satisfeito com o empenho do CNA/SENAR conosco, sempre nos valorizando e motivando, assim nos tornamos uma classe mais unida para que possamos fortalecer ainda mais a base do Agronegócio brasileiro”, falou. Para Victor, o programa vem sendo uma ótima iniciativa do CNA/Senar, uma vez que o Agronegócio brasileiro vem passando por momentos de transformações importantes.

Já foram realizados dois encontros presenciais este ano. O primeiro aconteceu no dia 10 de outubro, em Brasília. O segundo aconteceu nos dias 13 e 14 de dezembro, na cidade de Pirenópolis (GO), e teve como principal assunto a importância da comunicação na vida das lideranças de agronegócio. A programação deste segundo encontro foi composta por palestras, dinâmicas de grupo e oficinas práticas que abordaram temas como comunicação jornalística e processo de comunicação. A próxima reunião está marcada para os dias 7 e 8 de fevereiro, em Campinas (SP).

Para o engenheiro agrônomo, Pablo Araújo, 25 anos, que está ingressando no Senar-PB como instrutor, participar do CNA Jovem tem sido uma experiência excepcional. “O conhecimento e experiência que estão nos passando é incrível e certamente está me fazendo crescer como profissional. Poder utilizar todo esse conhecimento no nosso país e na nossa região é promissor e irá alavancar ainda mais o setor e sua imagem”, disse.

Formação

O programa conta com quatro encontros presenciais (64 horas) e atividades de EaD (72 horas). Em paralelo, os alunos farão um curso EaD de inglês (120 horas). A formação vai unir o conhecimento das temáticas de interesse do agronegócio com a prática de tomada de decisões através de desafios práticos, elaboração de planos de negócios, visitas técnicas e desenvolvimento de competências comportamentais e de comunicação.

Ao final, os cinco candidatos que se destacarem durante esse processo formativo farão uma visita técnica à China para conhecer instituições de pesquisa, modelos de empreendedorismo e prospecção de negócios. O processo de formação dos jovens está sendo realizado em parceria com outras três entidades: Fundação Instituto de Administração (FIA), HSM Experience e EF – Education First.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6073/6050
facebook.com/faepasenarpb
imprensa@senarpb.com.br