17 de maio de 2018

Produtores assistidos pelo SENAR/Procase participam de capacitação sobre processamento de polpa de frutas


Ascom Senar

Vinte e quatro pessoas dos municípios de Pedra Lavrada e Olivedos participaram hoje (16) de uma capacitação no processamento de poupa de frutas em João Pessoa. O projeto foi uma iniciativa de intercâmbio realizada pelo SENAR no Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase). O objetivo foi mostrar as noções básicas da qualidade para que as comunidades iniciem a fabricação de polpas de frutas.

“São duas comunidades que pretendem produzir polpas de frutas, mas para isso eles precisam ver quais são os equipamentos essenciais para começar a construir sua pequena agroindústria dentro das normas para essa atividade”, explica a técnica de campo do SENAR/Procase, Zaida Lucena.

A capacitação ocorreu na Estação Experimental Cientista José Irineu Cabral da Emepa, em Mangabeira. A técnica da Emepa, Gersiane Cabral explica a importância das boas práticas. “É necessário ter cuidado desde higiene pessoal até a forma como deve ser conduzido da unidade de processamento. Um descuido pode comprometer toda a qualidade do produto”, enfatiza.

A principal atividade do Seridó é o gado de leite e o roçado de milho e feijão. Para variar a produção, a comunidade encontrou uma aptidão da terra para plantação de frutas, em especial, umbu. Outras 14 pessoas participaram da capacitação ontem.

“Nós compramos as frutas da comunidade, em Umbuzeiro. Vendemos para eventos, feiras, budegas ecológicas e com muita dificuldade para o PNAE. O SENAR contribui com tudo o que a gente já estava desenvolvendo dentro da comunidade. Somos um grupo de mulheres que trabalha com produção de poupa e junto com o sistema pudemos trabalhar com oficinas, visitas de campo e intercâmbios. O SENAR está somando o que a gente já faz”, explica a produtora Maria Betânia Buriti.

Para engajar o trabalho com a juventude da comunidade Canoa de Dentro, cinco jovens participaram da capacitação. “Vemos nosso futuro no campo. Buscamos algo agroecológico para nos mantermos no campo, participar de eventos como esse nos mostram que a nossa realidade pode melhorar, que temos chance de seguir no campo”, explica o jovem produtor, José Henrique da Silva.

O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050
facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br