2 de março de 2015

Senar PB inicia aulas da Rede e-TEC Brasil em dois polos


Ascom Senar-PB



No último sábado (28), o Senar Paraíba promoveu sua primeira aula inaugural do curso Técnico em Agronegócio da Rede e-TEC Brasil. Com duração de cinco horas, os alunos foram recebidos com mensagens por vídeo do presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins e pelo secretário geral do Senar, Daniel Carrara. Já os alunos do polo de João Pessoa, foram recepcionados também pelo presidente do Sistema Faepa/Senar-PB, Mário Borba e pelo superintendente do Senar-PB, Sérgio Martins. Além disso, aprenderam com o gestor, coordenador e instrutores, como acessar a plataforma e tiveram acesso ao conteúdo que será trabalhado ao longo de dois anos.
Durante a abertura no polo da capital, Mário Borba fez uma apresentação do cenário do Agronegócio no estado e incentivou a presença dos participantes como novos profissionais para o mercado. O presidente alertou ainda para os números do setor. “Hoje o Brasil possui 17% de habitantes na zona rural, já em 2050 serão apenas 7%, que devem estar preparados para assumir os desafios da agropecuária. Este curso é uma oportunidade única para os alunos serem os futuros profissionais qualificados que este setor precisa. Desejo sucesso nestes próximos dois anos a cada um que está aqui. É importante dizer ainda que a nossa pretensão é expandir a Rede e-TEC para vários municípios da Paraíba para levar adiante este trabalho de formação”, disse Mário Borba.

O zootecnista, Lácio de Araújo espera entrar no quadro do Sistema após o curso

Para o aluno Lácio de Araújo, zootecnista, de 24 anos, o curso vai complementar o que foi visto na Universidade. “Mesmo gradudado, percebi que ele é mais voltado para gestão e administração, disciplinas que não tive durante o curso de Zootecnia. As minhas expectativas são muito boas, principalmente quando soube no primeiro dia do curso que a intenção é contratar para o Sistema alguns alunos do Técnico em Agronegócio, o que vai nos dá um pontapé inicial”, falou o estudante.
De acordo com o superintendente do Senar Paraíba, Sérgio Martins, a instituição se compromete em auxiliar os alunos no que for preciso para avançar o setor no estado. “A nossa instituição está mudando e precisamos de gente preparada para esta nova fase. Com a chegada da Rede e-TEC e de outros Programas e treinamentos do Senar, teremos maior demanda por profissionais, e os alunos de hoje, preencherão esta lacuna”, comentou Sérgio.

Sérgio Martins, superintendente do Senar Paraiba, firmou apoio aos estudantes

Já a aluna Zaida Gouveia, iniciante nos cursos à distância, acredita que a plataforma vai lhe possibilitar maior flexibilidade. “É a primeira vez que faço um curso Ead e acho que a tecnologia vai me proporcionar estudar onde eu queira, na fazenda, no trabalho, durante uma assistência técnica ou até mesmo no carro, só depende de mim”, disse.

Aluna acredita na inovação do Ead

O curso Técnico em Agronegócio da Rede e-TEC não é apenas voltado para profissionais da área, o pré-requisito é ter ensino médio completo e interesse em trabalhar ou aprender sobre o Agro. Foi com esta intenção que o aluno do polo de João Pessoa, José Luiz Vigó, graduando de Relações Internacionais e um dos mais jovens da turma, com 19 anos, se inscreveu no curso: uma oportunidade de ampliar o mercado de trabalho para os estudantes. “Fazer esse curso técnico vai me ajudar na área que pretendo atuar que é em comércio exterior relacionado ao Agronegócio. Afinal, é o setor que assegura a balança comercial do país. O grande diferencial deste curso à distância do Senar-PB é a estrutura que vem sendo oferecida com instrutores, tutores, ambiente virtual de aprendizagem e assistência dos gestores e coordenadores, isso nos deixa com uma expectativa ainda maior”, falou.
O presidente Mário Borba ainda desejou sucesso à turma pioneira nos próximos dois anos e enfatizou que a pretensão do Senar Paraíba é expandir a Rede e-TEC para vários municípios do estado e levar adiante este trabalho de formação.

Na primeirta aula inaugural, alunos tiveram contato com instrutores

Mais qualidade para a educação no campo
Com a experiência acumulada ao longo de 24 anos atuando na promoção social e qualificação profissional, o Senar é considerado atualmente a maior escola aberta do planeta, já que grande parte das ações acontece em campo. Suas administrações regionais estão presentes em todas os estados, alcançando, a cada ano, mais de 1 milhão de brasileiros ligados à terra. Para levar o conhecimento às localidades mais remotas do país, desde 2009, o Sistema atua também na educação à distância e, em 2011, estabeleceu com o MEC a parceria que já garantiu a capacitação de 90 mil homens e mulheres do campo pelo Pronatec.
Enquanto expande suas fronteiras, o Senar também investe na qualidade do ensino que oferece. Trilhando um novo caminho, a partir de 2013, iniciou a implantação de escolas e centros de excelência especializados em diversas cadeias produtivas. As novas unidades vão operar como uma rede integrada de educação presencial, oferecendo cursos técnicos de nível médio e cursos tecnológicos de nível superior.
Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6073/6050
facebook.com/faepasenarpb
imprensa@senarpb.com.br