17 de abril de 2015

Sertão Empreendedor aposta em barragem subterrânea


Ascom Senar-PB


Duas barragens subterrâneas foram construídas durante treinamento no município de Fagundes.


Durante os dias 8 a 10 de abril, os produtores rurais do município de Fagundes receberam mais um treinamento de Construção de Barragem Subterrânea do Sertão Empreendedor. Cerca de 20 pessoas participaram da capacitação que foi lecionada por Ricardo Pereira, instrutor do Senar-PB, que ressaltou as vantagens do curso. “Além de mostrar como é feita a barragem subterrânea, ainda destacamos os seus beneficio e o porquê de investir nesse tipo de alternativa”, disse.
Para Ricardo, a procura pelo curso irá aumentar bastante devido ao sucesso desta última capacitação. “Em um dia conseguimos construir duas barragens subterrâneas, quando geralmente só conseguimos uma. Isso mostra o aproveitamento do curso e o quanto os participantes estavam engajados”, falou.
O Sertão Empreendedor foca no aproveitamento das potencialidades do semiárido para elevar a qualidade de vida das pessoas que vivem nessa região. O programa é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e tem como eixos de atuação a capacitação profissional dos produtores para utilização de tecnologias rurais, a implantação de unidades de referência que abrigarão modelos de mecanismos para reserva de água e de alimentação animal e a disponibilidade de assistência técnica privada para as propriedades beneficiadas.
Hoje, o programa abrange oito municípios do estado, entre eles; Juazeirinho, Campina Grande, Catolé do Rocha, Piancó, Cazajeiras, Santa Luzia, São João do Cariri e Barra de Santana, no qual os dois últimos começarão a receber os treinamentos do Senar-PB ainda este ano. Segundo o coordenador do Sertão Empreendedor na Paraíba, Múcio Monteiro, o projeto vem mudando a realidade de mais de 150 famílias. “Das técnicas que utilizamos, a que eu acho de maior importância para convivência com o semiárido é a barragem subterrânea. A sua construção requer pouco recurso e é cabível ao tipo de solo que temos em nossa região”, comentou.
Múcio também explicou que o grande diferencial do programa é que o produtor é capacitado para que ele mesmo construa a barragem, possibilitando essa autonomia com os treinamentos em sala de aula e no campo. “O projeto tem duração de quatro anos, e tem como objetivo abranger até 15 pólos, que beneficiarão 300 produtores”, relatou.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6073/6050
facebook.com/faepasenarpb
imprensa@senarpb.com.br