26 de fevereiro de 2018

Sistema consegue reconhecimento de cursos técnicos e beneficia 36 produtores rurais no Sertão


Ascom Senar

Trinta e seis alunos dos cursos Técnico em Agropecuária e em Agroindústria vão ter a sua formação reconhecida oficialmente. Sem essa validação e também sem os certificados, muito dos profissionais enfrentavam problemas no mercado de trabalho, desde o ano de 2014. A conquista se deu graças ao trabalho da Faepa e do Sindicato Rural de Santana dos Garrotes.

“Nós temos relatos de pessoas com oferta de emprego e que não conseguem assumir por causa da falta de certificação, enquanto que outros chegaram a perder os postos. Sendo que técnicos com essa qualificação são difíceis de encontrar na região”, comentou o presidente do Sindicato, José Wilson Teotônio.

Os cursos tem duração de 2 anos e são oferecidos na Escola Estadual Dr. Felizardo Teotônio Dantas, em Santana dos Garrotes, e na Escola Normal Estadual Santo Antônio, em Piancó, ambas no Sertão do Estado.

Diante das queixas dos produtores e alunos dos cursos, a Assessoria da Presidência do Sistema Faepa/SENAR Paraíba procurou a ouvidoria da Secretaria de Educação em julho do ano passado. A resposta chegou por meio de ofício do último dia 19 de fevereiro. O documento informa que por meio do decreto 38.038, de 23 de janeiro de 2018, o governo reconhece os cursos.

As medidas, já publicada no Diário Oficial do Estado, tem efeito retroativo à data de início dos cursos. Confira aqui. “Essa luta foi árdua e longa, mas reflete o papel dos Sindicatos e do Sistema Faepa SENAR na defesa dos interesses do produtor”, resume o assessor da presidência, Domingos Lélis.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073

facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br