9 de Fevereiro de 2018

Termina hoje (9) prazo de inscrição para processo seletivo do ‘Técnico em Agronegócio’


Ascom Senar

Vence nesta sexta-feira, 09/02, o prazo para as inscrições ao processo seletivo para o  Curso Técnico em Agronegócio do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Até o momento mais de 17 mil candidatos já concorrem às 3.020 vagas oferecidas em 90 polos de apoio da Rede e-Tec Brasil no SENAR, espalhados por 23 estados e o Distrito Federal. A concorrência varia de acordo com a proporção entre o número de vagas e candidatos inscritos em cada polo. Nesta seleção a maior disputa ocorre em Salvador e Brasília.

A grande procura reflete o conceito altamente positivo do curso oferecido pelo Senar desde 2015, em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e, agora também com o apoio do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA). Os alunos são os primeiros a elogiar a qualidade do curso, que associa as vantagens do ensino a distância e presencial. Alessandra Barreto, aluna do polo de Carira (SE), considera esse um casamento perfeito.

“A estrutura do curso on-line nos proporciona acesso a vários caminhos, com informações preciosas sobre agronegócio, vídeos, download de apostilas, biblioteca virtual com acervo vasto. Tudo estimula o aluno a querer aprender cada vez mais. E, durante os encontros presenciais e os dias de visita ao campo, aproveitamos para sanar as dúvidas e colocar em prática toda a teoria apresentada. Ver a prática no início do curso fez toda a diferença, não teve laboratório melhor”.

Visão empreendedora

Oitenta por cento das aulas do Curso Técnico em Agronegócio ficam disponibilizados na internet. Porém o aluno precisa se programar também para encontros periódicos nos polos de ensino. São momentos para reforço do conteúdo, provas e aulas de campo, quando as turmas visitam fazendas ou agroindústrias, tendo a oportunidade de integrar teoria e prática. A duração do curso é de  1.230 horas-aula.

Alessandra está entrando em seu terceiro período. Ela conta que inicialmente pensava apenas em ganhar conhecimento para ajudar a família na pequena propriedade onde cultiva um coqueiral. No entanto, à medida que foi conhecendo melhor o agronegócio, desenvolveu seu espírito empreendedor e passou a ver mais longe. “Comecei a pensar em como beneficiar esse coco. A primeira ideia foi produzir óleo extra virgem. Mas hoje adquirindo vários conhecimentos com o curso, já elaboro, farinha de coco, sabonetes, leite e entre outros”.

Além da visão empreendedora, Alessandra, agora também domina com mais segurança o trato com a terra. “Aprendi a importância da análise do solo, da sua manutenção, dos cuidados com o meio ambiente, a importância da agricultura orgânica e vários leques de abrangência do agronegócio. Vejo uma equipe de tutores do Senar muito comprometida, traçando objetivos e preparando o aluno para o mercado de trabalho atendendo às nossas expectativas”.

Na disputa pelas vagas ao Curso Técnico em Agronegócio têm prioridade as categorias profissionais indicadas pelo Ministério da Agricultura (MAPA). A classificação é feita com base no desempenho do candidato durante o Ensino Médio, sendo por isso exigido o histórico escolar. O edital do concurso está publicado no site  http://etec.senar.org.br/ , onde são feitas as inscrições.

Assessoria de Comunicação do Senar
(61) 2109-4141
www.senar.org.br
www.facebook.com.br/SenarBrasil
www.twitter.com/SenarBrasil