5 de outubro de 2018

Trabalhos científicos do Senar são apresentados em congresso internacional


Ascom Senar

Brasília e Florianópolis (05/10/2018) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural apresentou na quinta (4) três trabalhos científicos no 24º Congresso Internacional ABED Educação a Distância (CIAED), em Florianópolis.

Os relatos das Administrações Regionais da Paraíba, Rondônia e Santa Catarina apresentam experiências pedagógicas bem-sucedidas aplicadas ao curso Técnico em Agronegócio do Senar. A formação semipresencial tem carga horária 80% online e 20% presencial.

“Possibilidades e cerceamento no contexto rural” é o título do trabalho que foi apresentado pela coordenadora pedagógica do Senar Rondônia, Gilceli Alves. “A educação a distância facilita o acesso a múltiplas possibilidades e promove o desenvolvimento cultural e construção de conhecimentos. No entanto, efetivar a matrícula em um curso EAD requer, antes de tudo, comprometimento dos estudantes”.

As metodologias ativas e recursos tecnológicos também foram objeto das pesquisas do Senar Paraíba e Senar Santa Catarina. A chefe do Departamento de Educação Formal do Senar Paraíba, Poliana Queiroz, fez a apresentação do trabalho “Tutoria presencial: o desafio de aliar teoria e prática no ensino híbrido de curso técnico para o meio rural”.

O relato de experiência trata da capacitação dos tutores presenciais para a aplicação de metodologias ativas e ferramentas tecnológicas nas atividades presenciais do curso Técnico em Agronegócio no Estado.

“A partir das capacitações com os tutores presenciais, os alunos passaram a ter maior engajamento no curso, melhorando o desempenho nas atividades a distância e presenciais. No ensino híbrido, o bom desenvolvimento do ensino presencial fortalece o ensino a distância potencializando o processo de aprendizagem”, destaca Poliana.

Entre as metodologias ativas utilizadas na Paraíba estão a Aprendizagem Baseada em Problemas, Mapas Conceituais, Estudos de Caso, Jogos Empresarias e Sala de Aula Invertida. Nesse recurso, os estudantes aprendem o conteúdo por meio de Tecnologias de Informação e Comunicação (TiC’s) e compartilham o aprendizado com a mediação do tutor.

A coordenadora do curso Técnico em Agronegócio do Senar Santa Catarina, Kátia Zanela, apresentou o trabalho científico “Experiência no uso de metodologias ativas e recursos tecnológicos no curso Técnico em Agronegócio”.

“O avanço da tecnologia nos últimos anos vem desencadeando novas formas de atuar na educação formal. O dinamismo das relações e as mudanças na sociedade atual não permitem que a educação vivencie um modelo tradicional de aprendizagem”, diz.

Ao todo, foram submetidos 574 trabalhos científicos de várias partes do mundo, dos quais 427 foram aprovados.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil