27 de julho de 2016

Alta concorrência para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR


Jocélio Oliveira

As inscrições para o processo seletivo estão encerradas e o resultado sai nos próximos dias

Com o encerramento nesta 2ª feira das inscrições para o processo seletivo para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), os candidatos agora sofrem com a expectativa sobre o resultado. E com razão. A concorrência não é pequena. As 1.500 vagas oferecidas em 40 polos da rede são disputadas por 8.530 candidatos. O polo de Balsas (MA) tem a maior relação candidato/vaga, chegando a 15,6. A disputa também é grande em Teresina (PI) e em Palmas (TO), onde 11 candidatos disputam cada vaga.

As provas, realizadas individualmente nos polos, vão até a próxima sexta-feira, 29. O gabarito preliminar estará disponibilizado no site http://www.senar.org.br/etec/ a partir da segunda-feira, 1º de agosto. O resultado oficial  sai no dia 4. O exame inclui uma redação e prova objetiva, com 30 questões de Matemática, Português e Conhecimentos Gerais.

Cleber Silva está ansioso. Junto com outros 171 candidatos, ele concorre a uma das 40 vagas oferecidas no polo de Bezerros, em Pernambuco, que será inaugurado agora, com sua primeira turma do Curso Técnico em Agronegócio do SENAR. Cleber é funcionário municipal e, se for aprovado, planeja abrir novos horizontes em sua vida profissional.

“Ainda não tive oportunidade de cursar o ensino superior e, agora, se Deus quiser, se conseguir êxito no exame, vou me formar em técnico em Agronegócio e tocar o barco pra frente. Hoje em dia, o curso técnico tá abrindo mais portas no mercado de trabalho do que o curso superior e essa área do agronegócio tem um mercado muito bom, a cada ano cresce mais”.

Cleber conta que ficou entusiasmado quando soube que seria inaugurado um polo da Rede e-Tec Brasil no SENAR em Bezerros. O SENAR tem muita credibilidade, é uma instituição bem conceituada aqui na cidade porque sempre oferece bons cursos profissionalizantes. É uma espécie de ponte mais estreita entre a população e a educação”.

Proposta e qualidade justificam concorrência

“O curso abre todo o ciclo do agronegócio” – Marledison Rodrigues

“O curso abre todo o ciclo do agronegócio” – Marledison Rodrigues

 Gratuito e na modalidade semipresencial, o Curso Técnico em Agronegócio, realizado pelo SENAR em parceria com o Ministério da Educação (MEC), tem como proposta preparar profissionais que somem conhecimentos técnicos e empreendedorismo e possam atuar em qualquer dos elos da cadeia do agronegócio, seja na produção, no comércio ou na pesquisa.

Para Marledison Firmino Rodrigues, que já está concluindo o terceiro semestre no polo de Contagem (MG), esse é um grande diferencial do curso e responsável pelo avanço crescente da concorrência nos processos seletivos. “O curso abre todo o ciclo do agronegócio, que não para. Quem faz fica apto a pegar uma pequena fazenda e tocar o negócio com muito mais êxito, porque aborda a produção animal e vegetal, questões de contabilidade, economia, empreendedorismo, etc. Isso é muito importante porque ajuda a fixar o pequeno produtor na terra, pondo fim ao êxodo rural”.

Atualmente trabalhando como corretor de imóveis em Belo Horizonte, Marledison também viu no Curso Técnico em Agronegócio uma oportunidade para uma guinada na vida profissional. “Quero trabalhar com imóveis rurais e também tenho o projeto de administrar uma propriedade, minha ou de terceiros. Muita gente está migrando de outros setores para o agronegócio, porque é o setor que segura o Brasil, minha turma tem profissionais de diversas outras áreas”.

Oitenta por cento das aulas são a distância. Os outros vinte por cento da carga horária são reservados para aulas presenciais e visitas técnicas no campo ou agroindústrias. Nesta seleção estão sendo oferecidas vagas em 40 dos 74 polos da Rede e-Tec Brasil no SENAR, distribuídas em 19 estados: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins, além de Pernambuco, Mato Grosso. A rede também tem polos em Alagoas, Goiás, Sergipe e no Distrito Federal, mas que não estão disponibilizando vagas neste processo.

“Daqui a pouco vamos ter mais de 100 alunos concorrendo a cada vaga, porque o curso é demais, estou apaixonado – prevê Marledison. É muito completo e exige muito. A gente tem que ter foco e se dedicar. Mas a didática é excelente, as aulas a distância e presenciais bem interessantes, as saídas de campo ótima e professores espetaculares,  sempre online para tirar dúvidas quando é preciso”.

 

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4141
www.senar.org.br

www.facebook.com.br/SENARBrasil

www.twitter.com/SENARBrasil

www.canaldoprodutor.tv.br