12 de julho de 2016

Equipe do Canal Rural grava programa ‘Senar em Campo’ na Paraíba


Jocélio Oliveira

Parada para gravação de cantoria na gravação do programa Senar em Campo, na zona rural de Soledade, cariri paraibano.

Parada para gravação de cantoria na gravação do programa Senar em Campo, na zona rural de Soledade, cariri paraibano

Uma equipe do programa do Canal Rural visitou a Paraíba na última segunda e terça-feira (04 e 05/07) para gravação de duas edições do programa ‘Senar em Campo’, que conta histórias de sucesso de produtores rurais em todo pais. O apresentador Yassir Chediak, o cinegrafista Lino Braz e o produtor de jornalismo José Luiz conheceram produtores rurais acompanhados pelo Senar-PB nas cidades de Mamanguape, Litoral Norte, e Soledade, Cariri paraibano.

A região de Mamanguape, se destaca com a fruticultura. A comunidade visitada, Sítio Hortigranjeiro, tem 14 produtores atendidos pelo Senar, por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATG). Todos eles tem trabalham principalmente com o coco, mas também tem culturas secundárias. Foi lá que o grupo conheceu o senhor Ambrósio Tibúrcio da Silva, de 80 anos. Natural de Condado, no sertão do Estado, ele migrou com a família por causa da seca no ano de 1984, história de vida que admirou a equipe.

“Uma pessoa de 80 anos, que quer mudança, é muito bacana, muito bonito de ser ver e uma fonte de inspiração. Muitas vezes a gente encontra pessoas que não aceitam isso. Mas mudar é fundamental, introduzir tecnologias novas, o mundo descobre técnicas, produtos e formas de lidar com a terra a cada dia”, comentou o apresentador Yassir Chediak.

Carmizete Moreira, Januário Marinho e a filha Daniele Araújo de Melo

Carmizete Moreira, Januário Marinho e a filha Daniele Araújo de Melo são atendidos pelo Senar-PB

Já na terça-feira (5), o grupo conheceu a propriedade e a família do senhor Januário Marinho, que é produtor rural na cidade de Soledade, no Cariri do Estado. No seu sítio ele tem produção leiteira bovina e a ATG do Senar-PB também está junto, ajudando no melhoramento e plantio da “palma” que alimenta os animais, além do acompanhamento das vacas, numa estratégia de convivência com a seca.

Depois de visitar 5 estados, o produtor de jornalismo da equipe do Canal Rural, falou sobre como cada região tem e desafios próprios. “Eu fico imaginando como seria aqui se não houvesse assistência técnica. Você esperar pela chuva e ela não vir. Então o produtor tem que amar isso aqui, mas amar não basta e aí entra o papel da assistência”, comentou o produtor de jornalismo José Luiz.

Impressão que também é compartilhada pelo apresentador Yassir. “O Brasil é muito grande e cada região é diferente da outra. São tipos de gente, terra, produção diferentes em cada pedaço. Por isso é muito interessante ver que esse trabalho do Senar dá certo em cada parte do país”, conclui.

A visita foi acompanhada pelo chefe do Dater, Gabriel Petelinkar, pelo supervisor do departamento, João Paulo Pereira e o assessor de Comunicação, Jocélio Oliveira. Contou ainda com a presença da zootecnista Júlia Barros, da coordenação de assistência técnica do Senar Brasil. Os dois programas produzidos (sobre fruticultura em Mamanguape e bovinocultura em Soledade) devem ser exibidos no mês de agosto.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB

(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073 / (83) 99928-0819

facebook.com/faepasenarpb

senarpb.com.br