4 de fevereiro de 2013

Faro empresarial para jovens do campo


Ascom Senar-PB

O Novos Rurais foi posto em prática em maio do ano passado, com seis jovens de Três Picos e de Salinas. A ideia era fazer com que cada um deles usasse R$ 2 mil para criar um plano para agregar valor aos produtos e serviços da agricultura familiar.
Auxiliados por professores do Instituto Bélgica-Nova Friburgo (Ibelga), por agentes da Secretaria estadual de Agricultura e Pecuária e por técnicos do Instituto Souza Cruz, os participantes ainda receberam uma bolsa de extensão mensal durante o desenvolvimento do programa, cuja primeira turma terminou em dezembro.
Ananda Tartari, moradora de Três Picos, desenvolveu uma estufa para produção de mudas orgânicas. Há 13 anos, a propriedade da família cultiva espécies orgânicas certificadas, que são comercializadas no Rio de Janeiro e na Praça do Suspiro.
– Adequamos nosso sítio às novas normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que obrigam o uso exclusivo de sementes orgânicas nos sistemas de produção certificados a partir deste ano. Adquiri mais experiência no ramo e também melhorei a produção utilizando mudas de qualidade – explica Ananda.
Miriam Cordeiro, também de Três Picos, é outro exemplo de como boas ideias podem incrementar a economia local. Ela criou o Colha e Pague com Café da Roça. A ideia é oferecer ao turista uma troca de experiência e aprendizado da vida rural:
– O visitante prova produtos artesanais como queijo, broa de milho e compotas e pode comprar os produtos plantados aqui.
Fonte: O Globo