9 de julho de 2015

Inscrições concorridas para o Curso Técnico da Rede e-Tec Brasil


Ascom Senar-PB

Foto: Alunos do polo de apoio presencial de Santa Izabel, no Pará. Crédito: Arquivo pessoal

Foto: Alunos do polo de apoio presencial de Santa Izabel, no Pará. Crédito: Arquivo pessoal

Com menos de uma semana de inscrições, 3.953 candidatos de todo o País já concorrem as 1.981 vagas oferecidas para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). O período de inscrições vai até o próximo dia 24 e elas podem ser feitas no portal http://etec.senar.org.br/. Os interessados, porém, não devem deixar para a última hora, porque há limite de horários para as provas, aplicadas individualmente.

O curso, gratuito, na modalidade a distância, tem um diferencial importante: 20% de aulas presenciais e dias de campo, que acontecem em 42 polos de apoio já estruturados nos estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal.

O exame de seleção dos candidatos será realizado nesses polos, entre os dias 13 e 28 próximos, compreendendo uma redação e uma prova objetiva, com 30 questões de Português, Matemática e Conhecimentos Gerais. No ato da inscrição o aluno define a data, hora e o polo escolhido, que deve ser o mesmo onde fará o curso.

Aulas práticas

Para os 955 alunos que ingressaram no Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil  no SENAR no início deste ano, o primeiro semestre se encerra com alto nível de satisfação. A secretária acadêmica do polo de Santa Izabel, no Pará, Joici Leal, atribui a isso a grande procura pelas inscrições ao novo processo seletivo. “Nosso polo é muito frequentado e os alunos têm elogiado muito o curso, atraindo novos candidatos. As inscrições aqui estão super concorridas, crescendo rapidamente”.

Segundo Joici, 100 alunos frequentam o polo de Santa Izabel, com grande dedicação aos estudos. “Muitos vêm de regiões distantes, viajam horas para assistir as aulas presenciais e participar das visitas técnicas, porque estão dando o maior valor a essa oportunidade que o SENAR proporciona”. Andressa Damaris Pinheiro é uma dessas alunas. Mora na zona rural de Castanhal e não perde as aulas de campo. “A forma como SENAR vem trabalhando cada disciplina é excelente”.

Andressa está iniciando o curso Técnico em Agronegócio e quase se formando em Agronomia. “Um curso complementa o outro. O curso técnico aborda, por exemplo, questões sobre a comercialização da produção que não são vistas na graduação. Além disso, o material disponibilizado é muito bom. Onde eu moro, nem sempre tenho acesso à internet, mas as  apostilas reforçam as videoaulas e posso tirar minhas dúvidas nas aulas presenciais e de campo”.

As visitas técnicas são especialmente atrativas para os alunos. “Nelas o estudante visualiza melhor seu futuro no mercado de trabalho” – diz Joici. “Para ver na prática como funcionam as técnicas de produção vegetal, por exemplo, nossos alunos visitaram duas propriedades. Na primeira, puderam conhecer a experiência bem sucedida de um produtor de frutas, como ele faz o plantio, etc. Na segunda propriedade, viram como funciona a produção orgânica de açaí e mangustão e outras culturas certificadas para exportação. A curiosidade e satisfação dos alunos era evidente”.

Rede e-TEC Senar na Paraíba

O estado conta com dois polos, sendo um localizado na sede do Senar-PB, em João Pessoa e outro no Sindicato dos Produtores Rurais, em Alagoa Grande. Até o momento,  265 candidatos se inscreveram no processo seletivo, 110 para o polo de Alagoa Grande e 155 para João Pessoa.

 

Assessoria de Comunicação do Senar/AC com informações da Ascom do Senar-PB