1 de setembro de 2015

NCR: mais multiplicadores para atender quase 3.300 turmas de pequenos produtores até 2018


Ascom Senar-PB

_END3358

Crédito Wenderson Araújo

Terminou nesta sexta-feira, 28/08, na sede do Sistema CNA/Senar, a capacitação de multiplicadores do Programa Negócio Certo Rural (NCR), voltado para pequenos produtores rurais e suas famílias. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com o Sebrae, realizou o treinamento para selecionar profissionais, que já atuam nesse programa, para replicarem a metodologia para outros instrutores do NCR.

Desde o lançamento do programa, em janeiro de 2010 até dezembro de 2014, foram capacitadas 2.155 turmas que beneficiaram 26.998 pequenas propriedades rurais.

Durante os três dias de treinamento, os multiplicadores Gumercindo Fernandes e Juliana Krupp, além da assessora técnica do Senar Administração Central e gestora do Negócio Certo Rural, Thaís Gomes Carrazza, realizaram atividades para avaliar as competências de 14 instrutores do Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Santa Catarina e Tocantins.

De acordo com Thaís, a demanda de cursos do Programa Negócio Certo Rural está crescendo, por isso é necessário aumentar a quantidade de multiplicadores para formar novos instrutores. “Promovemos atividades focadas no comportamento e conteúdo para que os participantes tivessem a oportunidade de demonstrar suas competências e habilidades. Com isso, eles ministraram micro-aulas, fizeram demonstração de conhecimento sobre plano de negócio e, ao final, receberam o feedback que poderá ajudá-los a melhorar a sua performance”, observa, a assessora técnica.

A coordenadora de Projetos e Programas Especiais do Senar, Patrícia Fontes Machado, informa que o convênio firmado recentemente entre a instituição e o Sebrae prevê a formação de mais de 45 mil pequenos produtores rurais no NCR até 2018.

Segundo a analista da Universidade Corporativa do Sebrae Nacional, Priscylla Xavier Costa Nunes, que atua no processo de nacionalização de soluções por meio da Formação de Multiplicadores, essa capacitação é de extrema relevância para a expansão do NCR no país, “pois garantirá a formação de mais consultores, o que possibilitará o atendimento à demanda crescente de novas turmas de produtores rurais”, pondera.

Priscylla diz que o desafio é formar consultores que compreendam a realidade local do pequeno produtor e tenham a habilidade de se comunicar de forma assertiva transformando a vida do pequeno produtor.

Negócio Certo Rural: facilitando e melhorando a gestão do pequeno produtor

Rodrigo Martins de Souza é instrutor do NCR no Espírito Santo desde a implantação do programa, em 2010. Para ele uma das maiores motivações desse aperfeiçoamento é entender o quanto o NCR é importante para o produtor rural.

“Nesses três dias tivemos a oportunidade de resgatar o que vimos durante a atualização da metodologia do NCR e vimos maneiras criativas de repassar o conteúdo. Além disso, trocar experiência com colegas de outros estados e conhecer a realidade deles foi bastante enriquecedor”, afirma.

De acordo com Edilton Lousada, que veio do Ceará, o ponto principal para a gestão da propriedade são os dados. “Por isso, nos treinamentos do NCR insistimos com os participantes para que tenham o cuidado em buscar informações relevantes, como por exemplo, saber quanto custam e qual a vida útil dos equipamentos, quanto é possível produzir em um hectare. Isso é primordial para a elaboração do plano de negócio. Apesar desse ser o ponto chave, o NCR também atua também na mudança de comportamento do produtor rural, se necessário, pois, nada adianta se ele tiver ferramentas para melhorar a gestão de sua propriedade se não houver mudança de atitude”, comenta Edilton, que já ministrou cursos do programa do SENAR para pequenos produtores de ovinos e caprinos, de produção e beneficiamento de leite, entre outros.

Para Cléa Silveira, do Rio Grande do Norte, o grande diferencial da capacitação do Senar foi a orientação em relação às consultorias. “Antes, tínhamos seis horas destinadas à consultoria ao produtor rural e cada instrutor realizava de maneira diferente. Agora, temos o planejamento de como desenvolver e orientar melhor o produtor para que o plano de negócios seja efetivado. O que já era bom, ficou melhor”, comenta Cléa, que há 5 anos atua no NCR.

“Apesar de falar sobre custos, gestão e empreendedorismo, a metodologia do NCR é fácil e fantástica para o produtor rural. Quando aplicada corretamente provoca mudanças e melhora a condição de trabalho e de produção. Como possíveis multiplicadores, a nossa responsabilidade é dar ferramentas para que o instrutor desenvolva o NCR no campo para dar a oportunidade do produtor de melhorar a sua propriedade”, pontua.

Andriana Tombini Peris, do Tocantins, concorda. “A nossa atuação dentro da propriedade rural, por meio do Programa Negócio Certo Rural é algo transformador”, conclui.

Como participar

Os pequenos produtores rurais interessados em participar da formação do NCR podem entrar em contato com o Sindicato Rural de seu município.

Assista ao vídeo do NCR: http://www.senar.org.br/noticias/videos/programa-negocio-certo-rural

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-1332
www.senar.org.br
www.facebook.com.br/SENARBrasil
www.twitter.com/SENARBrasil