30 de março de 2022

Produtor de queijos de cabra triplica renda com acompanhamento técnico e capacitações do Senar


Ascom Senar

Paloma Lima e Cristiano Nunes

O produtor Cristiano Nunes, residente no município de Livramento, Cariri paraibano, resolveu arriscar no mercado e abriu a Capril Nunes, empresa de laticínios, após decidir que valia mais a pena apostar em sua paixão pela agricultura do que trabalhar para terceiros.

“Minha paixão pela agricultura surgiu na infância, porque meu pai lidava com isso. Quando terminei o médio, decidi trabalhar. Já tinha trabalhado em empresas fora da cidade e voltei para Livramento pra criar ovinos de corte”, comenta ele.

Na época, ele e sua noiva, Paloma Lima moravam em Patos. Ele trabalhava e ela fazia faculdade. No entanto o desejo de gerir seu próprio negócio falou mais alto e Cristiano logo convenceu Paloma, a voltar para Livramento e tentar algo novo, mesmo estando relutante em aceitar a ideia, ela foi.

Produtora atendida pelo Senar relata melhora a qualidade de seus produtos

No início foi difícil, porque os cachorros estavam matando os animais em sua propriedade. A solução foi investir em caprinos para produção de leite e migrar para propriedade de seu pai, onde ele ainda cria os animais. Seu irmão cedeu duas cabras para que ele começasse e a partir daí começou a fornecer leite para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Comecei com a cara e a coragem. Foram seis anos aprendendo a criar”, comenta.

Em dezembro de 2020 teve seu primeiro contato com o Senar através do curso de queijos e derivados. Ele conta que uma das coisas que observou foi a produção de requeijão. E pensou, “Por que não produzir eu mesmo e tentar vender?” Ele comenta que sabia que era arriscado, mas mesmo assim continuou tentando até dar certo.

Hoje Cristiano conta com uma variedade de 8 tipos de queijo de cabra e 5 de tipos de requeijão. Além de contar o com o apoio de sua noiva e da sogra, ele ainda conta com o suporte da Assistência Técnica e Gerencial do Senar (ATeG) e diz que com o auxílio da ATeG conseguiu triplicar sua renda.

“Conseguimos mais opções de negócios e não ficamos só dependendo do PAA. Tudo mudou e uma renda que antes era 1000 reais agora chega a 3000”, enfatiza.

Carlos Augusto, técnico de campo do Senar, Cristiano Nunes e Paloma Lima produtores

O técnico de campo do Senar, Carlos Augusto, atende Cristiano há um ano e três meses e diz que quando chegou na propriedade encontrou um produtor com baixa rentabilidade, mas com muita vontade de fazer acontecer.

“A dificuldade que encontramos foi que ele estava em transição e não tinha a rentabilidade que tem hoje. Quando começamos a atendê-lo, a renda dele triplicou, e agora já aumentou a sua produção de palma e fez piquetes para aumentar a produção de alimento do rebanho também”, disse o técnico.

Quem também tem uma forte participação na atividade é Paloma, que falou sobre a estratégia de marketing que seu noivo pôs em prática para popularizar o seu produto.

Paloma Lima e Cristiano Nunes, produtores

“Ele começou a levar os queijos pras confraternizações e oferecer. As pessoas tinham receio de comprar, pelo fato de o queijo ser de cabra. Foi difícil no começo, mas ele está fazendo dar certo, pra onde vai, leva o queijo. As redes sociais também nos ajudam muito, sem falar nos nossos amigos que divulgam, e ajudam a alavancar o nosso produto. Tem sido gratificante receber os feedbacks.”, diz Paloma.

“A gente tem que perder primeiro, pra poder ganhar. Foi assim que fiz, deixava as pessoas provarem e se não gostassem, não precisavam pagar. As vezes perdia algumas peças de queijo, mas hoje vejo que valeu a pena”, complementa Cristiano.

Com a sua atividade dando certo, Cristiano diz ainda ter sonhos e metas que deseja realizar no futuro com sua noiva. A construção da sua casa, que já está em andamento e aumentar a sua produção para vender em maior escala, pois já existem interessados.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br