5 de dezembro de 2012

Pronatec do SENAR é oportunidade ímpar


Ascom Senar-PB

“O Pronatec é uma oportunidade ímpar e um projeto audacioso que o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural participa pela primeira vez, este ano, com 23 mil vagas, e espera avançar para 50 mil em 2013,” afirma o secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara. Ele participou nesta quarta-feira, 5 de dezembro, da cerimônia de um ano do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no 7º Encontro Nacional da Indústria, que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff.
De acordo com o secretário executivo do SENAR, o Pronatec vem suprir uma lacuna no trabalho de formação profissional do SENAR. “No momento, estamos trabalhando apenas com alunos do Ensino Médio e está sendo uma oportunidade para fazermos a inserção deles nas atividades de produção antes do êxodo para a cidade. Porque se o jovem não tiver uma inserção antes de sair do campo, dificilmente você traz ele de volta para as atividades rurais. Então, a ideia do SENAR com o Pronatec é iniciar esse jovem com a capacitação no setor rural e já fazer um link dele com o mercado de trabalho assim que ele termina o curso técnico e o Ensino Médio.”
Além de atender os jovens do meio rural, os cursos do Pronatec do SENAR devem, a médio prazo, atender outros públicos, adianta Daniel Carrara. “Pretendemos atender outras demandas dentro do Pronatec, com inclusão produtiva de trabalhadores que estão no seguro-desemprego, mas dar continuidade ao trabalho com jovens.”
O secretário destaca que o maior desafio do SENAR é saber onde estão os jovens que realmente precisam das capacitações. Segundo ele, o encontro nacional de ofertantes e demandantes, que acontece esta semana em Brasília, vai ajudar a definir as necessidades de cada Estado. “Esse encontro servirá para fazer o casamento entre os órgãos competentes. Nós, por exemplo, sem as Secretarias de Educação não conseguiríamos avançar na rede escolar e priorizar os jovens que precisam, nem conhecer as atividades importantes para aquela região. Será o casamento do que nós ofertamos com a real necessidade dos estados”, avalia.
Na cerimônia desta quarta-feira (5), a presidente Dilma Roussef assinou a medida provisória que seguirá para o Congresso Nacional alterando a lei 12.513/11 que instituiu o Pronatec. Na proposta, a presidente solicita a ampliação do alcance da modalidade bolsa-formação do programa. “O Pronatec é uma das chaves do futuro do País. Investimos no presente fazendo poupança para o futuro”, afirmou Dilma Roussef.
Na tarde desta quarta-feira, 35 representantes das Administrações Regionais do SENAR dão continuidade aos debates para a pactuação 2013 do Pronatec. Ofertantes e demandantes estão reunidos na Escola de Administração Fazendária (Esaf), em Brasília.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SENAR