25 de junho de 2015

Senar anuncia novas vagas para o Curso Técnico em Agronegócio


Ascom Senar-PB

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) lança novo processo seletivo, no segundo semestre, oferecendo mais de 2 mil novas vagas em seu Curso Técnico em Agronegócio. O edital para a nova seleção será publicado, em breve, no portal etec.senar.org.br. O curso integra a Rede e-Tec Brasil, numa parceria entre o SENAR e o Ministério da Educação para a expansão do ensino técnico de nível médio no campo.

Com duração de dois anos e 1.230 horas é quase todo na modalidade a distância, facilitando o acesso de quem vive na fazenda, pequenos municípios ou regiões isoladas. Os encontros presenciais, ocupam 20% da grade e são realizados em polos de apoio presencial, onde o aluno conta com tutores especializados e infraestrutura pedagógica e tecnológica.

Lançado no início deste ano, o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR, está em andamento em 17 polos distribuídos por oito estados do país: Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Santa Catarina, Sergipe, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. As primeiras turmas, com um total de 955 alunos, iniciaram suas aulas em fevereiro e concluem agora, com sucesso, o primeiro semestre do curso.

“O curso é exatamente o que eu esperava, aborda a realidade do mercado e todo material que oferece é muito bom”, afirma Genislau Franco da Rocha, do polo de Maracaju, Mato Grosso do Sul. Nathalya Nascimento, do polo de Alexânia, Goiás, confirma as primeiras impressões de Genislau. “As videoaulas são muito dinâmicas e explicam o conteúdo de forma bem clara. Além disso,  os encontros presenciais no polo são comandados por profissionais qualificados, com bagagem teórica e muita vivência para nos orientar sobre o que acontece de fato no dia a dia do campo. Estamos aprendendo a gerenciar o negócio rural e fazê-lo render”.

 

Oportunidades ampliadas no mercado de trabalho

O Curso Técnico em Agronegócio tem como proposta formar técnicos com visão empreendedora, que atuem como agentes de transformação para  melhorar a qualidade de vida nos campos brasileiros e abre, para o aluno,  as portas de um mercado de trabalho em crescimento acelerado. No último mês, o agronegócio teve, mais uma vez, participação recorde de 51,5% nas exportações brasileiras e dados do IBGE comprovam que o setor agrícola segue firme, como a principal âncora da economia nacional.

Vivendo em Maracaju, município do sudoeste do Mato Grosso do Sul que está entre os maiores produtores do País, Genislau não pensou duas vezes para se inscrever no curso técnico da Rede e-Tec Brasil no SENAR. “O agronegócio só cresce. Hoje, as lavouras são empresas e o curso é uma grande oportunidade de me preparar para atuar nesse mercado. O material é muito bom. As videoaulas e as apostilas se complementam e eu tiro as minhas dúvidas nos chats ou nos encontros presenciais. Tô aprendendo muita coisa que eu não sabia”.

Nathalya Nascimento, do polo de Alexânia (GO)

Nathalya Nascimento, do polo de Alexânia (GO)

Filha de produtores rurais do Pará, hoje morando em Goiás, Nathalya conhece de perto o valor de um técnico bem preparado. “O produtor não precisa só de assistência técnica, ele tem que ter também a orientação de um técnico que possa ajudá-lo a direcionar o seu negócio pra ter lucro”. E Nathalya se prepara muito bem para enfrentar esse desafio. Junto com o Curso Técnico em Agronegócio ela faz também a graduação em Veterinária.

“Percebi a necessidade de um curso extra na minha formação. A faculdade dá uma boa base, mas o curso técnico alia a prática e também conhecimentos sobre gerenciamento de uma propriedade, informações que vão lhe ajudar a fazer render o negócio rural. Muitos produtores desistem do seu negócio por falta de uma orientação que pode ser muito bem oferecida por um técnico de agronegócio. O mercado precisa muito de profissionais competentes que auxiliem o produtor a ter lucro com seu empreendimento”.

Nathalya acha extremamente importante a iniciativa do SENAR em oferecer um curso de nível técnico a distância. “Hoje no Brasil o acesso a internet é muito fácil e, como sabemos, os produtores e profissionais do campo não têm tempo pra se deslocar e fazer um curso todo presencial. Como a maior parte desse curso é a distância, facilita e muito o acesso”. Quanto à qualidade do curso ela é só elogios. “Como tudo o que está relacionado ao SENAR, é muito bom. Com certeza eu recomendo esse curso a qualquer pessoa que tenha interesse em trabalhar no campo e entrar no mercado de trabalho do agronegócio, atualmente muito competitivo”.

 

Assessoria de Comunicação do SENAR

(61) 2109-4141

www.senar.org.br

www.facebook.com.br/SENARBrasil

www.twitter.com/SENARBrasil