14 de agosto de 2015

Senar ensina como melhorar a saúde e a qualidade de vida no campo


Ascom Senar-PB

ead

O saneamento inadequado é, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), responsável por 88% dos óbitos mundiais por diarreia, e a diarreia mata anualmente mais de 1,5 milhões de crianças. São muitas as doenças vinculadas à falta de condições adequadas de limpeza, um sério problema de saúde pública no Brasil, que ocupa a 112º posição mundial no atendimento do saneamento básico.

A zona rural sofre especialmente com a falta de rede de esgoto e destino apropriado para o lixo. Mas há medidas que a própria população pode tomar para evitar a proliferação de insetos e parasitas causadores de doenças como dengue, cólera, febre tifoide, esquistossomose, amebíase, hepatite, infecções da pele, entre outras. São condutas práticas, ensinadas pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) em um novo curso oferecido em seu portal de educação a distância (http://ead.senar.org.br/ ).

O curso Doenças Transmissíveis e Saneamento Básico  está com as matrículas abertas e foi criado pela EaD Senar para conscientizar a população rural sobre a importância  de se adotar medidas de saneamento que promovem a saúde e a aumentam a qualidade de vida. “Às vezes a gente fica só esperando que poder público resolva a questão, mas uma atitude ativa e a corresponsabilidade individual e comunitária também ajudam muito a melhorar as condições sanitárias” – comenta Deimiluce Lopes Fontes Coaracy, coordenadora da área de promoção social do Departamento de Educação Profissional e Promoção Social (DEPPS) do Senar.

Educação sanitária

Em 20 horas-aula, divididas em três módulos, o participante passa a conhecer melhor as principais doenças transmissíveis no meio rural e seus agentes, aprendendo uma série de ações importantes para  higiene pessoal e o combate aos vetores. O curso também aborda o saneamento da água, tratamento do lixo e os cuidados com os alimentos.

“A educação sanitária é fundamental para que as pessoas possam adquirir hábitos higiênicos que geram mais saúde e  bem estar” – observa Deimiluce. Ela informa que o curso Doenças Transmissíveis e Saneamento Básico é totalmente gratuito e a distância. Qualquer pessoa, com 14 anos ou mais de idade,  pode se matricular, acessando o site http://ead.senar.org.br/  .

A única condição para quem quer participar é contar com o  acesso à internet. Além das aulas interativas, o aluno tem a sua disposição fóruns, chats, podcasts e apostilas em PDF. Para sanar as dúvidas ele conta com o suporte de tutores e monitores. Após concluir todas as atividades, ele recebe seu certificado de participação.

Mais informações:
0800 642 7070
http://ead.senar.org.br/

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4128
www.senar.org.br
www.facebook.com.br/SENARBrasil
www.twitter.com/SENARBrasil