29 de agosto de 2012

SENAR inicia seminários de Agricultura de Precisão


Ascom Senar-PB

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR realiza no dia 10 de setembro o primeiro dos dez seminários sobre Agricultura de Precisão que atenderá produtores rurais dos estados de Tocantins, Maranhão, Piauí, Mato Grosso, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Rio Grande do Sul e Paraná. Os produtores do município de Balsas, no Maranhão, serão os primeiros a receber palestras de especialistas sobre o tema.
A agricultura de precisão é um sistema de gerenciamento agrícola que traz vantagens para o produtor rural. As tecnologias de AP detectam, monitoram e orientam homens e mulheres do campo na gestão da propriedade, para melhorar a produtividade, a preservação do meio ambiente e a renda. Além das palestras, o seminário contará com uma mesa redonda com os especialistas e um caso de sucesso local de uso da agricultura de precisão.
“Com os seminários vamos mostrar aos produtores rurais que a Agricultura de Precisão influencia diretamente a gestão das propriedades. Convidamos especialistas no assunto para que os participantes tenham a oportunidade de conhecer as diversas linhas tecnológicas de trabalho e de entender o conceito de AP”, explica o gestor de projetos em Agricultura de Precisão do SENAR, Victor Ferreira.
Os especialistas
O pesquisador Ricardo Inamassu vai abrir os 10 seminários com uma palestra sobre os conceitos básicos de agricultura de precisão. Inamassu é pesquisador da Embrapa Instrumentação e professor colaborador da Escola de Engenharia de São Carlos, vinculada à Universidade de São Paulo (USP).
Graduado em Engenharia Agrícola, o professor José Molin vai falar sobre a situação atual e as tendências futuras da Agricultura de Precisão. Molin é professor associado do Departamento de Engenharia de Biossistemas – Área de Mecânica e Máquinas Agrícolas da ESALQ/USP.
Fechando a participação dos especialistas nos seminários, o professor adjunto da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Telmo Amado, fará palestra sobre Manejo de Lavouras para alto rendimento, a experiência de produtores. Ele é agrônomo, com experiência em manejo e conservação de solo.

Os Seminários
O SENAR realizará um seminário em cada um dos 10 estados selecionados entre os meses de setembro e novembro, três por semana, atendendo entre 300 e 500 produtores rurais por evento.
Após Balsas, a entidade promove o evento em Bom Jesus (PI) no dia 12, em Maracaju (MS) no dia 17 e em Campo Verde (MT), no dia 22 de setembro. Os municípios de Luiz Eduardo Magalhães (BA), Cascavel (PR) e Não me Toque (RS) recebem o seminário no mês de outubro. Os palestrantes, Ricardo Inamassu, pesquisador da Embrapa, e os professores José Molin da ESALQ/USP, e Telmo Amado, da Universidade Federal de Santa Maria, abordarão os temas: base conceitual de agricultura de precisão, situação atual e tendências futuras e manejo de lavouras para alto rendimento.
Curso – O SENAR também criou o curso de Agricultura de Precisão para capacitar os produtores rurais e operadores de máquinas em tecnologias de precisão. No Rio Grande do Sul e Bahia as administrações regionais iniciaram a capacitação e a expectativa é que ainda no segundo semestre deste ano as demais regionais iniciem o curso.
Com carga horária de 120 horas o curso de AP é aplicado em módulos, divididos em sete assuntos, entre eles, Agricultura de Precisão para todos, com 16 horas/aula.
Fonte: Assessoria de Comunicação do SENAR