13 de março de 2014

Cartilha aborda princípios do manejo florestal


Ascom Senar-PB

O Instituto Mamirauá, uma das unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), lançou a cartilha Princípios do Manejo Florestal. A publicação apresenta a segunda das seis etapas no processo de manejo florestal madeireiro: zoneamento da área e mapeamento participativo, princípio de manejo, levantamento de estoque e seleção de árvores, exploração de impacto reduzido, classificação de madeira comercial, cubagem e comercialização.
O objetivo da publicação é contribuir com a organização social das comunidades rurais visando o manejo de forma sustentável. O material servirá de apoio às pessoas que trabalham ou pretendem trabalhar com manejo florestal comunitário em suas comunidades.
A cartilha também esclarece dúvidas como utilidade, legislação e principais mudanças relacionadas ao manejo. Em forma de anexos, documentos para o licenciamento da atividade de manejo florestal e calendário de atividades estão disponíveis para consulta.
De acordo com a coordenadora do Programa de Manejo Florestal Comunitário, Elenice Assis, a cartilha é a primeira de uma série que o Programa de Manejo Florestal Comunitário que o instituto irá lançar.
“Essa publicação é a parte introdutória das orientações técnicas sobre plano de manejo florestal, após essa etapa, serão feitas as cartilhas sobre as demais fases do processo. Essa cartilha servirá como uma referência de atividades específicas dentro do Manejo”, enfatizou a coordenadora.

A cartilha pode ser acessada neste link (arquivo PDF).
FONTE: Instituto Mamirauá