7 de Fevereiro de 2018

SENAR realiza capacitação sobre manejo de caprinos e ovinos


Ascom Senar

Vinte e quatro produtores dos municípios de Pocinhos e Santa Luzia foram capacitados durante um dia de campo sobre ‘Manejo sanitário de caprinos e ovinos’, realizado na Comunidade Sítio Caiçara, em Pocinhos. A iniciativa faz parte das ações realizadas pela ATeG/Procase do SENAR Paraíba.

“O treinamento foi desenvolvido para o que os produtores tivessem maior acesso a informações sobre aplicação de medicamento: quais as vias mais utilizadas para soro fisiológico, antibióticos, etc. Além de demonstrar os tipos de castração de animais e a importância da identificação dos animais com brinco ou tatuagem”, explicou o veterinário e instrutor Rodolfo Santino.

O treinamento contou com duas etapas. A primeira foi uma aula teórica com o esclarecimento de dúvidas dos produtores rurais sobre o tema. Em seguida, o grupo visitou a propriedade da criadora Socorro Maciel, onde houve as demonstrações das melhores técnicas e suas implicações nos custos da produção.

“Tirei muitas dúvidas sobre situações que a gente vivenciava, mas que por não ter orientação, a gente deixava de dar auxílio ao animal. Hoje a gente já está tendo uma nova visão sobre os problemas que os animais possam ter, porque apenas com o nosso conhecimento do meio rural, as vezes a gente não consegue detectar uma doença”, comentou a pecuarista Denilva Ferreira dos Santos.

Produtora rural há 35 anos, a anfitriã Socorro Maciel sempre teve criação de caprinos, ovinos, bovinos e suínos. Ao longo dos anos, a falta de chuva foi o principal problema com o qual teve que lidar, já que dificulta a produção de alimento no próprio sítio. Hoje, dentro da assistência técnica e gerencial oferecida pelo SENAR e Procase, ela recebe visitas mensais de um técnico, além de capacitações como a que aconteceu na última sexta (2).

Produtora rural Socorro Maciel

“Espero que o pessoal continue conosco, para a gente ter novas experiências. O técnico nos visita todo mês e orienta sobre alimentação na quantidade certa diariamente, além da cobertura no curral, que a gente vai providenciar. Já estamos percebendo mudança e queremos que dê mais certo ainda”, comentou a produtora Socorro.

O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Confira algumas dicas para realizar o manejo sanitário adequado dos seus animais:

  1. Fazer a limpeza diária do curral/aprisco, com remoção das fezes utilizando vassoura;
  2. Fazer a limpeza dos bebedouros, o que favorece a diminuição da contaminação por verminoses e até de lama no curral;
  3. Fazer a limpeza do umbigo dos animais recém-nascidos, removendo o excedente e utilizando iodo 10%;
  4. Vacinação dos animais a partir dos 40 dias de nascido, com assepsia.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br