9 de outubro de 2019

Senar vai integrar comitê estadual do Agronordeste na Paraíba


Ascom Senar

Vanildo Pereira, vice-presidente do Sistema Faepa Senar-PB, ao centro

O Senar vai integrar o Comitê Estadual de Coordenação (CNC) do programa ‘Agronordeste’ na Paraíba. A instalação do grupo gestor aconteceu nesta quarta (9), durante evento realizado na sede do Sebrae, em João Pessoa. A Paraíba foi o primeiro estado a instalar a coordenação local. O programa terá atuação nos nove estados do Nordeste e também em Minas Gerais.

“A gente vai buscar interagir diretamente com o produtor rural, criando um ambiente de melhor assessoria técnica, tanto da porteira para dentro, quanto para fora, no empreendedorismo, agregação de valor, geração de renda. Com isso, queremos fortalecer as cadeias produtivas locais. Por isso essa iniciativa de lançamento nos estados, agregando as entidades parceiras”, explicou Danilo Forte, diretor geral do programa Agronordeste.

Danilo Forte, diretor geral do programa Agronordeste

O programa é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem.

Na Paraíba, o projeto vai atuar em 29 municípios do Cariri Oriental e Ocidental, com população rural estimada em 80 mil pessoas, 43% do total. Para esse público, o principal trabalho do Senar será com a oferta de Assistência Técnica e Gerencial.

“Esse é um trabalho que nós já desenvolvemos há 5 anos na Paraíba e que atualmente já conta com 1.058 propriedades atendidas. Então o Agronordeste chega como um desafio para o Senar demonstrar sua experiência e realizar sua missão de levar conhecimento e tecnologia”, resumiu Sérgio Martins, superintendente do Senar.

Esse papel do Senar também foi destacado por Danilo Forte, que afirmou que a assistência técnica é o marco zero do programa. “Nesse quesito, a experiência do Senar é muito importante, para trabalhar a capacidade produtiva e tornar o produtor mais competitivo”, comentou.

Vanildo Pereira, Domingos Lélis e Sérgio Martins

Além do superintendente, também acompanharam o evento o chefe do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural do Senar, Gabriel Petelinkar, o vice-presidente do Sistema Faepa Senar, Vanildo Pereira, o assessor da presidência, Domingos Lélis e o assessor de projetos especiais, Pablo Araújo.

 

Saiba mais

Assistência técnica será a alma do AgroNordeste, diz presidente da CNA

Além do Senar-PB, a coordenadação estadual do Agronordeste contará ainda com representantes da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sebrae e  Embrapa. Após a instalação, o grupo se reuniu para definição de um plano de trabalho, com o objetivo de traçar mecanismos para alcançar o produtor.

Um Escritório Local de Operações (ELO) é a outra estrutura organizacional que também compõem a organização estadual do programa. Ela deverá ser instalada na cidade de Monteiro ou Sumé. O lançamento oficial do programa foi realizado na semana passada, em Brasília, e contou com a presença do presidente do Senar, Mário Borba, assim como da direção do Sistema CNA/Senar, que também é parceira do programa em nível nacional.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
faepa.com.br