19 de fevereiro de 2020

Sistemas Faepa Senar e Asplan promovem evento sobre previsão climática


Ascom Senar

O Sistema Faepa Senar e a Associação dos Plantadores de Cana-de-açúcar da Paraíba (Asplan) promoveram nesta quarta-feira (19) a palestra Perspectiva do clima para 2020 e sua tendência para 10 anos. O painelista convidado foi o meteorologista e professor Luiz Carlos Baldicero Molion. O evento foi realizado no auditório da Asplan, em João Pessoa.

O especialista desenhou um cenário otimista para os próximos anos e contrariou algumas previsões comumente divulgadas. Para Molion, “a tendência para os próximos 10 ou 12 anos é de resfriamento global. Independente da quantidade de CO² que a humanidade lançar”, afirmou.

Segundo o professor, uma série de fenômenos naturais que vem se consolidando ao longo dos últimos anos vem apontando para o resfriamento solar e a consequente diminuição da temperatura dos oceanos, em especial para nossa região, o Pacífico.

A previsão é baseada no método conhecido como de “similaridade”, que analisa e compara dado e comportamentos climáticos de todo o mundo ao longo de determinados períodos. O professor reforça que esse tipo de comportamento é favorável para o desenvolvimento da La Ninã, que provoca mais chuvas.

“Para a região, vocês devem enfrentar um período semelhante ao que foi o de 1965 a 1974, ou seja, sem nenhuma seca severa e a média de chuvas deve aumentar um pouco e ficar em torno de 2.000 milímetros”, resumiu. Defendeu ainda que as chuvas ao longo da costa paraibana terá maior volume de água, com ventos fortes e trovoadas.

Este cenário já deve começar a ser percebido a partir de 2020, já que o pesquisador acredita que “não há evidência de que este ano haverá El Nino. Então as chuvas deverão ficar dentro da média, que para a região de produção de cana é em torno de 1.600 milímetros”, afirmou.

Já em relação a eventuais períodos de seca e estiagem, o especialista aponta que ele deve chegar por volta do ano 2034 e durar em torno de quatro a cinco anos.

O vice-presidente do Sistema Faepa Senar, Vanildo Pereira, o diretor –secretário da Faepa, Alberto Athayde, o superintendente do Senar-PB, Sérgio Martins e o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Gurjão, Ubiratan Ramos, acompanharam o evento, que também foi prestigiado por produtores rurais e representantes de instituições ligadas ao agronegócio e à meteorologia.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb

senarpb.com.br