31 de janeiro de 2018

Técnico em Agronegócio formado pelo SENAR já fez 18 cursos da instituição


Marina Cabral

José Paiva Cartaxo já fez 18 cursos, online e semi-presenciais, pelo SENAR. Apaixonado pela agricultura, Paiva foi um dos alunos pioneiros no curso Técnico em Agronegócio e cresceu junto com a instituição.

Ele sempre gostou de trabalhar com a terra, mas nunca teve a oportunidade. Dos seus 68 anos, passou 31 trabalhando como fiscal da carteira agrícola rural e industrial pelo Banco do Brasil. Foi transferido diversas vezes fazendo vistorias dos empréstimos rurais e mais tarde como caixa executivo. Aposentou-se em João Pessoa para desfrutar mais a família.

Seu Paiva não conseguiu ficar parado. Em 2010, voltou a estudar e começou a estagiar na área de meio ambiente. Para aperfeiçoar seus conhecimentos, descobriu o SENAR EaD. “O curso a distância do SENAR era sobre o mesmo assunto que eu via na universidade e na minha área de estágio. Isso serviu para me ajudar no novo caminho que eu queria seguir”, relembra. Quando se formou, seus fundamentos sobre o meio ambiente o possibilitaram de ser efetivado.

“Depois vi outros cursos que a plataforma EaD SENAR oferecia. Comecei devagarinho e acho que já fiz quase todos”, ele brinca. Além do ensino a distância, Paiva também foi aluno da primeira turma do Técnico em Agronegócio na Paraíba.

Ele recorda suas aulas no ensino técnico com prazer e satisfação. “Achei tudo excelente! Aulas bem estruturas, tudo muito organizado. Os tutores eram muito competentes e estavam sempre dispostos a tirar nossas dúvidas”, comenta. A experiência que mais o marcou foi a aula prática em que visitaram a empresa Martin Bower, em Cabo de Santo Agostinho. “É fascinante ver a logística de como transportam os produtos para todo o Nordeste, foi uma aula muito interessante”.

Dentre tantos cursos, seu preferido é o sobre Sistemas de iLPF. “É um sistema novo que faz com que a agricultura seja sustentável. Você trabalha tudo em um só local e isso é muito bom porque você não vai ter que desmatar outras áreas, você já está dentro de um sistema completo”, argumenta. O sistema é uma das políticas de baixa emissão de carbono além de ser o futuro da agricultura tropical.

Após 7 anos fazendo cursos do SENAR, o esforço e dedicação de Paiva não parecem diminuir, ele está sempre esperando as próximas aulas. Seu Paiva nunca parou de perseguir seus sonhos e estudar o que ama – nem nunca vai parar.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073

facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br