26 de julho de 2016

Comissão do Leite se reúne na Faepa para discutir desafios da cadeia produtiva


Jocélio Oliveira

por Maryellen Bãdãrãu

Integrantes do setor produtivo do leite, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e sindicatos rurais de todas as regiões da Paraíba participaram de reunião nesta segunda-feira (25), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), para discutir os desafios e dificuldades da cadeia produtiva.

Os quatorze representantes debateram temas como o endividamento rural e cadeia produtiva do leite, incluindo produção, preços e qualidade dos produtos. Entre eles, o assessor técnico da Sedap-PB, Aldomário Rodrigues, e também o diretor comercial do Leite Cariri, Antônio Sousa Duarte. O convite para as duas instituições faz parte de um movimento da Comissão para integrar mais setores ao grupo de maneira permanente.

A pauta central da reunião abordou sobre as relações da pecuária com a variação do preço do leite, em que os produtores estão tendo dificuldades em produzir e vendê-lo com o valor mais alto, tendo em vista a situação de menos produção no meio rural. Outro ponto é o apoio da comissão junto ao governo para a realização de eventos do seguimento rural, com intuito de unificar os produtores e obter um alcance maior. Por fim, foi reivindicado mais fiscalização por parte dos gestores do Estado.

SONY DSC

Antônio Sousa Duarte, diretor comercial da Leite Cariri

O alcance estadual da comissão foi destacado pelo diretor da cooperativa Cariri como um importante atrativo. “Como tem representantes do estado inteiro, isso tem benefício para nós.
Por meio desse grupo, temos acesso a informações que são boas para o dia a dia da gente. Foi produtivo porque sentimentos e ficamos sabendo de novidades”, avaliou Antônio Duarte.

Duarte ainda acredita que a Comissão do Leite, da Faepa, pode desempenhar um papel importante na articulação dos produtores para superação de problemas na cadeia do leite, com destaque para o impacto da seca e da estiagem na produtividade. “Muitos dos problemas que o produtor enfrentam são por causa da falta de organização, seja na relação com as instituições, ou mesmo de maneira particular. A Faepa é o órgão que defende todos os produtores  e essa comissão tem o papel de viabilizar essa organização”, disse.

Aldomário Rodrigues, assessor técnico da Sedap-PB,

Aldomário Rodrigues, assessor técnico da Sedap-PB,

O assessor técnico da Sedap-PB, Aldomário Rodrigues, explica que o maior prejudicado com as dificuldades do setor são os produtores. “Temos que resolver a questão mercadológica da pecuária leiteira e a organização dos produtores desse ramo. Aqui já estamos discutindo um novo cenário para o setor do leite e precisamos saber onde os nossos produtores estão inseridos nessa realidade, pois é a partir daí que poderemos viabilizar essa produção e manter os produtores nesse negócio, mesmo em um momento tão difícil pelo qual estamos passando”, falou.

SONY DSC

João de Deus, presidente da Comissão do Leite/Faepa

Este encontro já é o terceiro do ano, dando prosseguimento aos debates de acordo com a prioridade local. A comissão do leite aponta, discute e reivindica soluções para os problemas relacionados ao seguimento. “Nós não temos poder de decisão, mas a gente pode reivindicar, sugerir aos órgãos governamentais. Aqui temos representantes de todos os quadrantes do estado e estes sabem quais as dificuldades da cadeia produtiva, que são apresentadas e reclamadas aos nossos gestores”, disse o presidente da comissão, João de Deus.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB

(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073 / (83) 99928-0819

facebook.com/faepasenarpb

senarpb.com.br