12 de julho de 2016

Criador paraibano de zebus é premiado na Índia


Jocélio Oliveira

O engenheiro agrônomo, pesquisador, criador e entusiasta da raça de bovinos Sindi, Paulo Roberto de Miranda Leite, teve seu trabalho reconhecido nesta segunda-feira (11/07), na Índia pela Ankush – Enviromental Protection Organisation, um organização do país que trabalha com preservação ambiental. O prêmio ‘Glorious Nandi’ foi concedido a ele na categoria individual, pelo trabalho de Paulo Miranda no aprimoramento da raça, cuja origem é indiana.

Essa foi a primeira vez que a organização premia pessoas e instituições estrangeiros. A solenidade aconteceu na cidade de Hyderabad e contou com a presença do ministro da agricultura do indiano. Paulo Miranda não pode comparecer ao evento e por isso enviou um representante. Ele explicou que a o reconhecimento foi uma feliz surpresa.

“Eu fui pego de surpresa pelo fax noticiando a minha premiação e me sinto muito honrado por ter sido indicado para ser um dos homenageados. Decido esse reconhecimento à Paraíba ao Nordeste, porque eu sou muito integrado a minha região e sempre me dediquei às questões ligadas ao semiárido”, comentou.

Paulo Roberto de Miranda Leite

Paulo Roberto de Miranda Leite

Segundo Paulo, o prêmio foi instituído como uma forma de reconhecimento ao Brasil, pelo que o país fez ao longo dos anos pelas raças indianas. Ele explica que hoje o país é o maior exportador de carne bovina, com cerca de 200 milhões de cabeças e que esse retorno oferecido pelo nosso país chamou atenção da Índia.

Paulo Miranda é fundador da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa-PB) e atuou como seu diretor por vários anos. Trabalhou ainda como técnico do Ministério da Agricultura e da Embrapa. Como pesquisador da Embrapa, Paulo Miranda ainda chegou a participar de uma visita técnica à Índia no ano de 1982.

Também fundou e foi ex-presidente da Associação Brasileira de Criadores de Sindi (ABCSindi), além de membro diretor da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ). Seu trabalho também já foi reconhecido com o Mérito Nacional de Pecuária, assim como com o Mérito de Pecuária dos estados de Pernambuco e Ceará.

Paulo Miranda em visita à Índia em 2012, ao lado do touro sagrado Nandi, que dá nome ao prêmio recebido por ele.

Paulo Miranda em visita à Índia, a passeio, em 2012, ao lado do touro sagrado Nandi, que dá nome ao prêmio

Ao todo, são 50 anos de dedicação às raças zebuínas e em especial ao Sindi. Atualmente, Paulo tem se dedicado ao trabalho de criação na propriedade que tem na cidade de Queimadas, no agreste paraibano. Ele ressalta os desafios de atuar nessa região. “Nós somos criadores dentro de uma área muito árida, muito sofredora. Desde criança eu participo dessa labuta, com meus avós e meus pais, lutando contra as adversidades e tentando sobreviver com muita dificuldade”, afirma.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB

(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073 / (83) 99928-0819

facebook.com/faepasenarpb

senarpb.com.br