10 de abril de 2017

Egresso do CNA Jovem desenvolve jogos digitais sobre empreendedorismo no campo


Ascom Senar

Foto_1

Tudo começou quando o designer de jogos Rogério Araújo, de 30 anos, participou da etapa estadual do CNA Jovem – programa de desenvolvimento de lideranças do Sistema CNA/SENAR. A partir da sua experiência profissional, ele pensou em propor uma ideia inovadora que pudesse levar informações às crianças e jovens sobre assuntos relevantes e atuais para o campo, além de oferecer noções de empreendedorismo.

A proposta foi amadurecida ao longo da etapa nacional do programa e desenvolvida por Rogério na empresa onde ele trabalha, a Mulungu Studio. Assim surgiu a Turminha do Agro, um conjunto de jogos digitais educativos e cartilhas impressas e em formato digital. O projeto também contempla oficinas lúdicas educativas para crianças, jovens, pais e professores que atuam em escolas da zona rural e urbana de todo o País.

“Acredito que podemos mudar o mundo com a educação de base e de forma lúdica. Os jogos proporcionam essa experiência e vem mostrando o quão significativo eles são como auxílio em sala de aula. Com o desenvolvimento de um projeto que vise o incentivo ao empreendedorismo rural, teremos mais jovens empreendedores que conseguem propor soluções para os problemas encontrados no campo e assim possam aproveitar as oportunidades que muitas vezes passam despercebidas”, destaca.

jogos_rurais

Rogério explica que os jogos serão simples, mas abordarão temas de alto impacto para o setor rural como, por exemplo, cooperativismo, sindicalismo, produção de culturas, logística, colheita e febre aftosa, entre outros relacionados com a área. “Nossa meta é não parar e fazer com que a Turminha do Agro só cresça a cada município que for implantado, levando cada vez mais conhecimentos e informações sobre o setor rural”.

Além da zona rural, o egresso do CNA Jovem ressalta a importância do projeto ser implementado na zona urbana para mostrar a crianças e jovens o potencial que o campo tem e que sem o agro as pessoas não vivem, algo que seguidamente é esquecido por quem vive em centros urbanos. “É preciso dar mais visibilidade ao setor rural, mostrar o potencial e fazer com que mais jovens possam empreender no campo. Como resultado, esperamos que haja a diminuição do êxodo rural, assim como a continuação da sucessão familiar”.

Testes começarão em breve

O game designer e CEO da Mulungu Studio prevê que alguns jogos devem ficar prontos em três meses para serem testados em, pelo menos, uma escola. Atualmente o projeto Turminha do Agro é um dos finalistas nacionais do Prêmio Citi Jovens Microempreendedores, na categoria iniciante. Além disso, a Mulungu Studio está participando do Mind the Bizz, um programa de qualificação de negócios inovadores do Porto Digital, em Recife (PE). “A participação nesses dois programas será fundamental para os primeiros passos em tirar os jogos do papel. Para isso também estou contando com o apoio voluntário de profissionais da área que estão trabalhando para que esse projeto comece a ser implantado no Brasil inteiro, mas ainda estou correndo atrás de recursos financeiros para conseguir desenvolver o projeto com mais rapidez”.

A importância do CNA Jovem

Na opinião de Rogério, o CNA Jovem busca a renovação e formação de novas lideranças para o campo e permitiu que ele pudesse conhecer mais sobre um setor que já mostrou o potencial que tem, mas que ainda precisa de investimento para que possa crescer muito mais. “O programa é sensacional, lhe coloca em uma rede com diversos profissionais do Brasil inteiro, além de trazer conteúdos importantíssimos para serem tratados durante os encontros. Ainda conta também com as atividades a distância, que buscam aprimorar e fazer com que o jovem reflita e se conheça ainda mais, para que o seu melhor possa ser utilizado na busca de projetos que tragam melhorias para o agro”.

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4141
www.senar.org.br
www.facebook.com/SENARBrasil
www.twitter.com/SENARBrasil
www.canaldoprodutor.tv.br