2 de dezembro de 2020

Senar apresenta iniciativas para qualificação de pessoas com deficiência


Jocélio Oliveira

 

Brasília (04/12/2020) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) participou, na quinta (3), da 1ª Edição Nacional Virtual da Conferência e Exposição Nacional de Inclusão e Acessibilidade (Reconecta).

O evento foi promovido pelo Ministério Público do Trabalho que atua na implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Entre os temas do evento estão a acessibilidade, avaliação biopsicossocial, educação inclusiva, habilitação profissional, emprego apoiado e cadastro nacional de pessoas com deficiência.

A coordenadora de Formação Profissional e Promoção Social do Senar, Deimiluce Coaracy, detalhou as ações do programa Apoena, que tem o objetivo de inclusão de pessoas com deficiência nos eventos do Senar.

Em 15 anos, o Senar promoveu a inclusão de 398 mil pessoas no setor rural nos seus eventos.

“O Senar preza para que todos tenham oportunidades iguais, para isso os educadores devem ser incentivados e capacitados a terem a atitude positiva e o comportamento acessível desde o primeiro contato com as pessoas com deficiência”, ressaltou.

Também participaram do debate sobre a acessibilidade e inclusão no Sistema S a procuradora do trabalho Denise Lapolla, e as representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em Minas Gerais, Juliana Gaudênico, e no Espírito Santo, Léa Marina Brito.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil